” Há três coisas que jamais voltam: a flecha lançada, a palavra dita e a oportunidade perdida. ” – Provérbio Chinê

As duas primeiras tu percebes que não voltam mas a terceira tem questões muito particulares.

Quantas vezes uma grande oportunidade já te bateu a porta e tu não a agarras-te?

Não é que tu soubesses que o que te estava a acontecer era a maior oportunidade da tua vida, a maior parte das vezes as oportunidades aparecem de forma estranha, de uma forma que não entendemos. Geralmente acontecem duas coisa, ou não estamos despertos para a ouvir, não estas em modo de procura ou se o teu modo de procura está alerta tu agarras com unhas e dentes o que o universo te mostrou.

Se não estás em modo de procura não quer dizer que não sintas que o que te está a acontecer seja uma grande oportunidade. Aliás existe uma classe de pessoas que a maioria das pessoas entende que tem sorte, que as coisas boas chegam-lhe sempre primeiro. Será? Será que essas pessoas nasceram com uma estrelinha em cima da cabeça que atraem as oportunidades? Ou será porque essa classe de pessoas esta com o seu estado de procura sempre ligado e nunca desperdiçam uma boa oportunidade. Porquê? Porque eles identificam depressa, analisam rápido e tomam uma decisão.

Mas depois de tomada a decisão eles não param, não ficam há espera que as coisas aconteçam, não eles delineiam um plano e executam esse plano e claro a oportunidade que lhes bateu a porta é vencedora.

 

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments