“Para de te queixar do que não tens e começa a criar o que queres.” – Dr. Phil

Aqui em Portugal, onde vivo, estamos a viver momentos muito difíceis, para alguns. Para outros estes tempos conturbados são de futuro, são uma porta aberta, são como diz o meu amigo Sílvio Fortunato “Enquanto uns choram, outros vendem lenços”.

Quando vejo o telejornal dá-me vontade de abanar as pessoas que só se queixam, mas nunca fazem nada para mudar a vida miserável delas. Ainda ontem ouvi uma amiga a contar uma história que me pareceu surreal, se não a conhecesse  até pensaria que ela estava a brincar.

A minha amiga tem uma empresa de eventos para crianças e ela também desenvolve um oportunidade de Marketing de Rede, todos os dias  aparecem pessoas desempregadas com cursos superiores, desesperados por um emprego até nem se importam de limpar as casas de banho. A minha amiga responde sempre o mesmo “Emprego não tenho, mas tenho uma oportunidade que talvez lhe possa interessar.” Sabes o que é interessante é que nem querem saber o que é, estão tão desesperadas e estão dentro da roda do desespero que não vêm mais a frente. Aquelas pessoas são daquelas que vão a manifestações, que reclamam e se queixam, mas na hora de mudar de começar a criar alguma coisa delas DESISTEM.

É mais fácil continuar a queixar-se do que crescer e começar a desenvolver-se. Doí menos.

Forte Abraço e Beijinho Grande

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments