Era uma vez um grãozinho de areia que vivia no deserto no meio de milhões e milhões de outros grãos de areia. Um dia disse aos amigos:

– Eu hei-de sair do deserto! – E os amigos às gargalhadas começaram a fazer pouco dele.

– Tu não passas de um grão de areia. A tua vida é no deserto. Nunca hás-de sair daqui!

– Eu digo-vos que hei-de sair – insistia o grãozinho.

E os amigos rebentavam de novo à gargalhada a fazer pouco dele, repetindo-lhe.

– Tu não passas de um grão de areia!

Um dia o vento começou a soprar muito forte. Levantou-se uma tempestade no deserto. Todos os grãozinhos de areia deram as mãos uns aos outros e juntaram-se muito juntinhos para não voar com o vento. Foi então que o nosso grãozinho aproveitou para largar as mãos de todos e se deixar levar pelo vento. Levantou voo e voou, voou durante horas. Quando o vento deixou de soprar, ele já estava sobre as águas do mar. Caiu. Foi para o fundo dos oceanos, aterrou numa ostra e transformou-se numa pérola.

Quem disse que o lugar onde tu nasce é o sitio onde pertences?

Isso não existe quando o teu desejo de mudança é enorme, quando tens fé e acreditas podem ocorrer mudanças na tua vida.

A tua vida pode ser diferente se pensares que só depende de ti e nunca mas nunca deixares escapar uma oportunidade. Fica atento imagina se o Grão de Areia tivesse dado as mão aos outros, o que teria acontecido com ele? Ficava no mesmo lugar, mas ele não perdeu a oportunidade e agarrou-a.

Imagina o que teria acontecido ao nosso Grão de Areia se tivesse ouvido o que os outros diziam, com certeza tinha desistido de sair do deserto.

Fica atento se queres mudar de vida, sair do sítio onde te encontras, fica atento as oportunidades surgem muito poucas vezes.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments